Inscreva-se no V E S T I B U L A R
MENU

Dia internacional da Internet Segura: entenda a data e veja dicas de como navegar de forma mais segura

A data comemorada nessa terça (05) foi criada para promover o uso livre, consciente e ético da internet

às 16h52
Compartilhe:

No dia 05 de fevereiro é comemorado o dia internacional da Internet Segura. Criada na Europa pela Rede Insafe, grupo de organizações que atuam promovendo o uso consciente da internet, a data tem o intuito de conscientizar os usuários sobre uso responsável, seguro e ético das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Atualmente, a data é promovida em mais de 140 países, mobilizando instituições e pessoas para estimular o uso livre e seguro das redes. No Brasil, a iniciativa está na sua 11ª edição e é organizada pela Safernet, uma organização sem fins lucrativos que atua em defesa dos Direitos Humanos na Internet.

Se sentir seguro ao navegar pela internet é um desafio, segundo o Professor Milton Morais, do curso de Redes de Computadores da Unit PE, não existe segurança de dados absoluta e perfeita, mesmo com “senhas fortes” (senha com letras, números e caracteres especiais). De acordo com Milton, os usuários se preocupam mais com a possibilidade de alguém invadir o seu computador, porém o problema não está só nos atacantes (usuário que tenta comprometer sistemas ou invadir outros dispositivos), mas também nas empresas que detêm nossos dados. “Quando acessamos, por exemplo, as redes sociais, muitas empresas conseguem nossos dados pessoais de maneira “lícita”. Esses dados ficam armazenados em empresas especializadas para venda de nossas informações. No ano de 2018, por exemplo, uma comissão parlamentar britânica solicitou o comparecimento do fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckeberg, para esclarecer o uso ilícito de informação pessoal de usuários da rede social supostamente empregado pela empresa Cambridge Analytica. E Existem outros processos contra o Facebook em andamento nos Estados Unidos.”, diz o professor.

Portanto, os dados não estão 100% seguros na internet. Existe, de um lado, uma enorme quantidade de criminosos virtuais que estão apenas esperando um descuido do usuário. E do outro, empresas que usam nossos dados para comércio. Contudo, podemos minimizar as chances de sofrer golpes cibernéticos com ações simples do dia-a-dia:

  • Acessar as redes Wi-Fi públicas de shoppings, praças, lojas, lan house apenas em ultimo caso para uma consulta rápida. Caso contrário, convém não usá-las;
  • Acessar os aplicativos bancários apenas através de sua rede (4g e 5g por exemplo);
  • Usar um bom antivírus pago e sempre mantê-lo atualizado;
  • Não “baixar” arquivos anexados ou clicar em links de e-mails suspeitos;
  • Para uma rede doméstica, é necessário configurar a senha do roteador. Os roteadores estão com uma senha padrão de fábrica fácil de quebrar;
  • Não usar softwares piratas;
  • Jamais executar programas que não sejam de fontes conhecidas;
  • Ter cuidado com o uso de pendrives, hd’s externos e etc;
  • Não realizar downloads por torrent;
  • Usar um bom Firewall;
  • Não revelar senhas;
  • Não transferir informações bancárias ou dados pessoais sigilosos a sites suspeitos;
  • Atualizar sempre o sistema operacional (principalmente se for Windows e smartphone android);
  • Não acessar links ou pop-ups suspeitos;
  • Não divulgar fotos intimas em redes sociais;
  • Altere sua senha regularmente.

Compartilhe: