MENU

Dia do Meio Ambiente chamou a atenção para a Restauração de Ecossistemas

Principal data do calendário ambiental internacional marcou em 2021 o lançamento da Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas

às 20h18
Ações ambientais até 2030 devem priorizar a recuperação de florestas, manguezais e outros ecossistemas (Pixabay)
Ações ambientais até 2030 devem priorizar a recuperação de florestas, manguezais e outros ecossistemas (Pixabay)
Compartilhe:

O Dia Mundial do Meio Ambiente, marcado no último dia 5 de junho, trouxe como tema em 2021 a Restauração de Ecossistemas. O Paquistão, país asiático localizado no sul do continente, foi o anfitrião global da data, que marca também o lançamento da Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas (2021-2030). 

O objetivo do tema é aumentar em grande escala a restauração de ecossistemas destruídos e assim combater a crise climática, evitar a perda de um milhão de espécies e aumentar a segurança alimentar, o abastecimento de água e a subsistência. 

A Década lembra que, sem os ecossistemas regenerados, não será possível alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ou do Acordo de Paris, que estabelece metas para mitigar os efeitos do aquecimento global, que é a principal questão ambiental internacional. A ideia é que, já que não é possível voltar no tempo, podemos cultivar árvores, tornar as cidades verdes, renovar os jardins, mudar nossas dietas e limpar rios e encostas. 

No Brasil a data foi lembrada em meio a inúmeros desafios, como o aumento do desmatamento ilegal em biomas como a Amazônia, o Cerrado e a Mata Atlântica, a temporada irregular de chuvas e a possibilidade de crise no abastecimento de água e energia, entre outras situações preocupantes que estão relacionadas às mudanças climáticas.

A data chama a atenção sobre a necessidade do reequilíbrio da natureza para garantir a saúde do planeta e, consequentemente, da humanidade. Para quem se interessa em saber mais a respeito, o site World Environment Day traz mais informações e programação de eventos que ocorrerão no dia. Nele também é possível baixar um guia prático de 21 páginas, publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), descrevendo abordagens para restaurar oito tipos principais de ecossistemas.  

Ele mostra ainda como grupos, indivíduos, governos e empresas podem se tornar parte do movimento global para restaurar ecossistemas em todos os lugares, além de  ajudar a promover o bem das pessoas e da natureza.

Por que 5 de junho?

Em 5 de junho de 1972 em Estocolmo, na Suécia,  foi aberta a primeira das Conferências das Nações Unidas sobre o ambiente humano, que congregou vários governos e organizações. Desde então, a data consta no calendário da ONU como o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: