MENU

Saiba como calcular a quantidade de água que você deve beber diariamente

A falta da água ou o excesso não são benéficas a saúde, manter o equilíbrio é essencial para o bom funcionamento dos órgãos vitais

às 19h59
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução
Compartilhe:

Tomar água é um ato simples e de extrema necessidade no dia a dia. O consumo deve atender a alguns poucos critérios popularmente desconhecidos. Você sabe a quantidade de água que deve tomar todos os dias?

Nutricionistas afirmam que, com um simples cálculo ajuda a regular a quantidade de água necessária para o funcionamento do corpo. Na conta são considerados 35ml de água pelo peso corporal de cada pessoa. 

Veja o exemplo a seguir:

72kg X 35ml = 2.520, ou seja, 2 litros e 520 ml /dia.

O consumo de água pode variar:

De acordo com a prática de atividades físicas. Realizar atividades de baixa ou alta intensidade tende a eliminar mais rapidamente a água do corpo humano, por isso a necessidade de ultrapassar a lógica do cálculo dos 35 ml por quilo é essencial. Ainda, a hidratação deve ocorrer antes, durante e depois das atividades.

De acordo com o clima. Altas temperaturas favorecem a desidratação, assim, é importante tomar um maior cuidado e intensificar o consumo diário de água.

De acordo com a idade. Pessoas de mais idade passam pelo processo natural de redução da água no organismo, o índice de fase da juventude pode cair pela metade. Para que isso não ocorra é preciso regrar de forma mais incisiva o consumo de água também ultrapassando a lógica dos 35ml/quilo.

A água é essencial para o funcionamento dos rins – órgãos responsáveis pela filtragem do sangue, regulação da pressão arterial e produção de hormônios, e demais órgãos do corpo humano. A recomendação do ministério da saúde é de que o consumo possa ser distribuído ao longo do dia, considerando o exemplo citado acima, se dividirmos 2,5L por 12 horas a pessoa deve tomar um copo de 200ml por hora.

Evitar exageros

O excesso também não é benéfico à saúde, segundo profissionais da Nutrição. Ingerir água em excesso pode causar déficit no nível de sódio do sangue. Daniel Rinaldi, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), afirma que o consumo de água precisa estar relacionado à sede, como uma forma de repor os líquidos do corpo, mas que essa recomendação exclui crianças e idosos.

Compartilhe: