MENU

Saudosismo marca o dia do frevo em mais um ano sem folia

A programação para comemorar a data seguirá durante todo o mês de fevereiro no formato virtual

às 20h38
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução
Compartilhe:

Nesta quarta-feira (09), é comemorado o dia do frevo, gênero musical pernambucano oficializado como Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade pela Unesco. A data celebra o gênero mais marcante da folia de Momo no país. 

O 9 de fevereiro faz referência a data do primeiro registro da palavra Frevo pela imprensa no estado de Pernambuco por volta dos anos de 1907 no caderno de notícias, hoje extinto, Jornal Pequeno. Mas bem antes disso, em 1889, umas das mais antigas agremiações do estado, o Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas, já costumava fazer folia nos 4 dias de carnaval ao som dos clarinetes, trombones e bombardinos.

Expressão secular dos movimentos culturais populares, o frevo fez o movimento inverso dos demais gêneros, nasceu no centro da cidade e migrou para a periferia. Podendo ser identificado pelos mais antigos como o grito dos oprimidos, o frevo vibra revolução e resistência, ideia já denominada por Capiba como madeira de lei que cupim não rói.

A comemoração

Por causa da pandemia da Covid-19, a chuva de serpentinas não deve banhar os foliões por mais um ano sem carnaval, as sombrinhas coloridas não irão riscar o céu e o chão em malabares, passistas não irão brilhar pelas ruas do Recife Antigo e pelas ladeiras da Cidade Alta. 

Mas o aniversariante do dia não deve passar a data em branco. No Paço do Frevo tem comemoração em dose tripla, pelo dia do gênero, pelos 20 anos do grupo formado pelo irreverente Maestro Forró e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, além da celebração dos 8 anos do próprio Centro de Referência em Salvaguarda do Frevo, Paço do Frevo, localizado no coração da cidade do Recife.

Confira abaixo a programação:

09/02 – Quarta-feira: Live da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério & Maestro Forró, e convidados, às 19h no canal do Paço do Frevo no YouTube;

11/02 – Sexta-feira: Live de Hugo Linns a partir das 12h;

19/02 – Sábado: Live de Luciano Magno, às 19h;

20/02 – Domingo: Escola Paço do Frevo – Roda de Conversa “Guitarra Blues/Guitarra Frevo”;

24/02 – Quinta-feira: Live da Banda de Pau e Corda

Terças, sábados e domingos de fevereiro: Vivências de Dança e Música para os visitantes;

Compartilhe: