MENU

Intervenção pedagógica com uso dos jogos de tabuleiro

Jogar e brincar são formas lúdicas de ensinar e aprender e estão entre as técnicas cada vez mais usadas na melhoria da aprendizagem para estudantes e professores

às 12h48
Os jogos de tabuleiro também atendem à necessidade pedagógica de proporcionar às crianças a vivência de novas experiências (Unsplash)
Os jogos de tabuleiro também atendem à necessidade pedagógica de proporcionar às crianças a vivência de novas experiências (Unsplash)
Compartilhe:

No cotidiano escolar, especialmente da sala de aula, incluir variados elementos pedagógicos não convencionais é um meio de auxiliar o processo de ensino. A utilização dos jogos de tabuleiros é um desses importantes recursos, sendo capaz de unir jogo e educação, prazer e aprendizagem. Através deles, o aluno desenvolve tanto a cognição quanto a afetividade, dentro de seus significados culturais.

A depender do tipo e objetivo de cada um, os jogos podem ser sensoriais, psíquicos, motores, afetivos e intelectuais. Os jogos de tabuleiro, clássicos ou modernos, pertencem a esta última categoria e neles ocorre a presença da sorte e da inteligência, bem como a mistura dos dois. E para sua realização, é preciso a interação presencial entre os jogadores.

A concentração, a elaboração de pensamentos e raciocínios, respeito ao tempo do outro e às regras pré-estabelecidas, são aspectos benéficos para alunos em diferentes idades. Isso sem mencionar a rica vivência, cheia de experimentação, criatividade e raciocínio lógico-dedutivo, essenciais para a prática. Aliar essas características dos jogos ao conhecimento teórico pode trazer vantagens ao desenvolvimento escolar e pessoal do aluno.

Ferramenta pedagógica

A integração aos currículos escolares pode ir além de um passatempo eventual, pois se trata de uma atividade que estimula a criatividade, a crítica e a socialização. O conhecimento correspondente aos jogos e o que pode ser agregado a ele contribui para o desenvolvimento metodológico de ensino-aprendizagem da criança, em virtude da riqueza de oportunidades que o lúdico oferece.

Educadores defendem que é importante oportunizar aos alunos atividades lúdicas com métodos alternativos, bem como auxiliar na socialização, no raciocínio lógico, nos conteúdos escolares e nos aspectos biológicos e psicossociais do aluno. As partidas são importantes oportunidades para o educador observar o desempenho dos alunos, avaliando os aspectos cognitivo e atitudinal.

Na prática pedagógica que utilizou a abordagem de conteúdos jogos de tabuleiro, estão metodologias como pesquisas, atividades lúdicas, criação, recriação, competição, oficinas e apresentação, visando sempre à participação efetiva dos educandos,

Benefícios

O estímulo e o desenvolvimento de habilidades como a comunicação verbal, o raciocínio lógico, atenção, concentração e a interação social são alguns dos benefícios para os alunos. A prática também promove o respeito entre os jogadores, bem como a paciência. As vantagens serão diferenciadas para cada etapa e idade. No campo de atuação dos pedagogos da educação básica, ou seja, as crianças em início de idade escolar, elas vão exercitar variados conceitos de uma forma divertida, adquirindo conhecimentos que ajudarão no seu crescimento pessoal. Os jogos de tabuleiro podem oferecer uma grande ajuda para estimular conceitos da alfabetização básica e do raciocínio numérico.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: