MENU

UNIT abre III Semana de Pesquisa e Extensão – SEMPEx

Durante três dias, alunos terão a oportunidade de entrar em contato com a produção científica do estado e apresentar resultados de pesquisas realizadas dentro da academia

às 14h47
Durante três dias, alunos das graduações da Faculdade Integrada de Pernambuco – UNIT terão uma oportunidade ímpar, a de entrar em contato com a produção científica do estado e apresentar resultados de pesquisas realizadas dentro da instituição.
Final da noite de abertura da III SEMPEx
Final da noite de abertura da III SEMPEx
Cristiano Carrilho
Prof. Gilton Kennedy
Auditório do Recife Praia Hotel
Balé Popular do Recife
Publicações do Grupo Tiradentes
III SEMPEx
Alunas voluntárias que atuando na organização
Edgard Leonardo, Pedro Procópio, Cristiano Carrilho e Gilton Kennedy
Compartilhe:

Durante três dias, alunos das graduações da Faculdade Integrada de Pernambuco – UNIT terão uma oportunidade ímpar, a de entrar em contato com a produção científica do estado e apresentar resultados de pesquisas realizadas dentro da instituição.

Assim é a III Semana de Pesquisa e Extensão (SEMPEx), da UNIT, que até quinta-feira (29), apresenta uma programação repleta de palestras, oficinas e exposições em formato oral e banner dos estudantes.

A abertura da III SEMPEx ocorreu nesta terça (27), no auditório do Recife Praia Hotel, em Boa Viagem. A noite iniciou com uma apresentação do Balé Popular do Recife, em um ensaio do que promete ser o Carnaval pernambucano do próximo ano.

Com acordes de maracatu e frevo, e contando com a participação da “La Ursa”, os passistas animaram a plateia que vibrou com a exaltação da cultura popular do estado, reconhecida como uma das mais vibrantes e multifacetadas do Brasil.

Após o momento cultural, chegou a hora de compor a mesa de abertura, formada pelos professores Fábio Guimarães (Administração), Edgard Leonardo (Administração), Kátia Botelho (Odontologia) e a aluna de Enfermagem, Priscila Nilma.

A palavra de abertura foi proferida pelo diretor-geral da instituição, professor Gilton Kennedy, que saudou a todos, e exaltou o esforço da UNIT na construção de um ensino de qualidade na região.

“Na nossa faculdade, os alunos têm uma estrutura composta por laboratórios que não devem em nada as maiores universidades do país. Temos duas clínicas-escolas (Odontologia e Estética), com equipamentos modernos e atendimento ao público. Esse é o diferencial da UNIT, a preocupação com a comunidade atrelada à uma formação educacional cidadã e humanista”, citou em seu discurso.

Em seguida, o assessor especial da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Governo de Pernambuco (SEMAS), Cristiano Carrilho abriu a programação oficial do evento com a palestra “Uma luz para sustentabilidade e cidadania”.

Durante cerca de uma hora e meia, o conferencista “provocou” os estudantes com questionamentos a respeito de temas como: passivo x ativo ambiental, fontes de energia renováveis, problemas de saúde decorrentes de desiquilíbrios ambientais, logística reversa e a escassez de projetos regulatórios ambientais.

Com dados e exemplos que prenderam a atenção dos estudantes, Cristiano Carrilho mostrou o porquê ser reconhecido como uma das referências em questões ambientais em Pernambuco.

Com experiências que vão de coordenador de Direito Ambiental, da Escola Superior de Advocacia da OAB, a gestor de Educação Ambiental e Agenda 21, na Secret. Estadual de Meio Ambiente e coordenador de logística da Copa do Mundo 2014 no Recife, Carrilho também detalhou quais ações teve oportunidade de participar em prol da gestão do meio ambiente.

Ao final do encontro, o conferencista agradeceu o convite para abrir o evento científico da UNIT, e resumiu a importância de unir esforços em benefício de uma sociedade preocupada com o meio em que todos vivem.

“O ser humano faz parte do meio ambiente, se não conseguirmos trabalhar a educação e humanizar as pessoas, elas irão poluir sem preocupação alguma com as futuras gerações. Este é o papel da gestão socioambiental, e sempre levanto a bandeira que esta não é uma questão apenas dos governantes, mas que engloba todos da sociedade”, salientou.

DONATIVOS – Além do caráter divulgador da produção científica, a SEMPEX também tem seu papel solidário, ao pedir que no ato da inscrição a doação de pacotes de leite em pó. Na abertura, já haviam sido recolhidos cerca de 60 embalagens que serão destinadas ao setor de Oncologia Pediátrica, do Hospital de Câncer de Pernambuco – HCP.

 

Compartilhe: