MENU

Conheça o Museu da Abolição, localizado no Recife

Local resgata a memória histórica dos afrodescendentes

às 12h14
Compartilhe:

O Museu da Abolição (MAB) é o local responsável pela preservação, pesquisa, divulgação e valorização da memória, patrimônios, cultura, arte e história dos afrodescentes. Sua importância é imensa não só no Recife, mas em todo o Brasil, porque resgata a trajetória de um povo essencial para a construção do país. 

O local foi fundado em 1957 pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek, por meio da Lei Federal n° 3.357, em homenagem aos abolicionistas João Alfredo e Joaquim Nabuco. A inauguração oficial aconteceu em 13 de maio de 1983, após a desapropriação, tombamento e restauro do espaço. Na ocasião, foi feita a exposição O Processo Abolicionista Através dos Textos Oficiais, que ocupou 12 salas do pavimento superior e o hall de entrada, com materiais emprestados de outros espaços culturais. 

O MAB fica localizado no bairro da Madalena, no Recife, com atividades desenvolvidas na parte interna e externa do local. Seus objetivos são diversos, como  desenvolver ações de preservação e resgate da memória dos afrodescentes, estimular práticas culturais com a população, promover ações que defendam os direitos humanos e ainda reforçem o combate ao preconceito, racismo e trabalho análogo à escravidão e ainda dar cursos a professores sobre o Patrimônio Cultural Afrodescendente. 

Os interessados pela cultura afrodescente podem conferir o instagram do MAB, @museudaabolicao, que divulga eventos culturais e compartilha publicações sobre o tema. Para visitas e dúvidas, entre em contato pelo telefone (81) 99966-0461. 

Endereço: R. Benfica, 1150 – Madalena

Compartilhe: