MENU

Atenção à pele deve ser redobrada no inverno

Estação do ano causa mudanças na região e medidas devem ser adotadas para proteção e cuidado

às 19h21
Compartilhe:

Como qualquer outra parte do corpo, a pele deve ser tratada com cuidado e de modo específico. Com a chegada do inverno, vários fatores devem ser levados em consideração – as temperaturas mais baixas e a redução da umidade do ar, por exemplo, causam ressecamento no tecido cutâneo, deixando a região mais áspera, sensível e propensa a lesões. Com isso, a atenção deve ser redobrada.

O rosto, que fica exposto a vários agentes, como o vento e a chuva, deve ser bastante protegido. Um dos cuidados principais é usar hidratante facial específico para o tipo de pele – seca, mista ou oleosa. O produto previne a perda de água e cria uma barreira de proteção no tecido cutâneo. Outro item que não deve ser esquecido é o protetor solar, mesmo no inverno e sem sol aparente. Os raios UVA continuam existindo, já que a radiação ultrapassa as nuvens, e ela causa envelhecimento precoce e câncer de pele. Por isso, a recomendação é sua utilização diária.

Já em relação ao corpo no geral, também existem dicas essenciais: é importante usar hidratantes e esfoliantes corporais, que auxiliam na remoção de células mortas e protegem contra os prejuízos que o frio causa. Um hábito que deve ser evitado no inverno é tomar banho muito quente e demorado, ele pode causar danos à camada protetora da pele, desregular a produção natural do sebo e ainda levar à descamação do couro cabeludo. 

E claro, sempre manter uma alimentação saudável, rica em nutrientes e tomar pelo menos dois litros de água por dia – que auxilia na hidratação e evita o ressecamento e descamação da pele. Esses cuidados diários ajudam a manter a região preparada para o inverno e para toda a vida. 

E lembre-se: a qualquer sinal de anormalidade na pele, como lesões, ressecamento profundo e vermelhidão, além de outras dúvidas sobre produtos e cuidados, é ideal consultar um médico dermatologista, o profissional indicado para cuidar da região. 

Compartilhe: