MENU

Transformação digital - Pesquisa mostra que uso de celular passou o de tv

No Brasil, são vendidos quatro celulares para um aparelho de TV. Entre os dispositivos móveis, já existem 440 milhões de unidades, entre computador, notebook, tablet e smartphone

às 20h42
Compartilhe:

Uma pesquisa nacional sobre mercado de Tecnologia de Informação mostra que a transformação digital avança no país. Só para se ter ideia, são vendidos quatro celulares para um aparelho de TV no Brasil. Esse uso digital tem crescido tanto e de diversas formas, que já existem 440 milhões de dispositivos digitais, entrecomputador, notebook, tablet e smartphone, considerando o uso em empresas e lares. O resultado faz parte da Pesquisa Anual do FGVcia sobre o Mercado Brasileiro de TI e Uso nas Empresas.

Entre os dispositivos digitais quem lidera é o smartphone. Principalmente por conta do momento de isolamento, ensino e trabalho remoto. A expectativa é que, em junho deste ano, sejam 242 milhões de unidades em uso no país. Isso equivale a mais de um aparelho por habitante.

Mais computadores

A estimativa é que o número de computadores também amplie. A previsão é que ultrapasse 200 milhões de computadores (desktop, notebook e tablet) em uso. Nessa perspectiva, a relação é que seja, 9,4 para cada 10 habitantes (94% per capita).

Essa dinâmica tem estimulado as organizações a investirem mais em TI. E os projetos que mais estão se destacando apontam para Inteligência Analítica (Analytics) e “o novo” ERP (Migração, Implementação e Integração). Nas grandes empresas, aparece na pesquisa Busca de Talentos, Governança de TI, Inteligência Artificial, IoT (Internet das Coisas) e Nuvem. Foco no Alinhamento Estratégico e Transformação Digital.

Primeira vez

A amostragem anual do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) é feita com resultados de estudos e pesquisas do uso de TI nas empresas. Esta última versão envolveu 2.636 médias e grandes empresas. Foi a primeira vez que o estudo criou a categoria dispositivo digital, unindo computador, notebook, tablet e smartphone.

O FGVcia é considerado um centro de referência na área e traz em suas pesquisas números inéditos e interessantes, retratando o cenário atual e as tendências desse ambiente, sendo uma valiosa contribuição para os meios empresariais e acadêmicos.

Compartilhe: