MENU

Seminário de Direito recebe ministro do TST

Iniciativa promovida em parceria com a ESMATRA e AMATRA VI debateu as mudanças na legislação trabalhista e seus reflexos na sociedade

às 12h40
Compartilhe:

Um encontro com a finalidade de promover um ciclo de discussões a respeito das mudanças na legislação trabalhista e seus reflexos na sociedade. Este foi o objetivo do Seminário de Direito, evento realizado pela Faculdade Integrada de Pernambuco – UNIT em parceria com a ESMATRA e AMATRA VI, que reuniu alunos, professores e operadores do Direito.

Intitulado “As reformas trabalhistas e previdenciária e o ataque à justiça do trabalho – Uma afronta aos direitos sociais”, o evento ocorreu nesta segunda (24), na Unidade Nossa Sra. do Carmo, no bairro da Boa Vista, apresentando uma programação com palestras que detalharam temas como: direitos sociais, a reforma da previdência, o impacto da reforma trabalhista, terceirização, relações individuais e sindicais, dentre outros.

Entre os convidados, o presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 6ª Região – ASMATRA VI, Adelmy Acioli, e o Ministro do Tribunal Superior do Trabalho – TST, Luiz Philippe Vieira, além de juízes, procuradores e promotores.

Sobre um dos assuntos abordados no encontro, a terceirização, Luiz Philippe afirmou que o argumento de que a flexibilização criaria empregos é falácia. “qual é a base empírica dessa informação? Nenhuma, zero”, reage.

O Ministro também critica o projeto de terceirização (PLC 30) atualmente em processo de votação no Senado. “Rompe a lógica do Direito do Trabalho, porque diz que o ser humano passa a ser mercadoria”, analisa.

Além de assistir às conferências, os estudantes tiveram a oportunidade de apresentar teses que foram avaliadas pela professora da disciplina de Direito Trabalhista, Patrícia Furtado.

Ao final do encontro, conferencistas, docentes e alunos subiram ao palco para uma mobilização contra a reforma trabalhista e o fim da Previdência Social.

Compartilhe: