MENU

Quer aprender um novo idioma?

Através de atividades e ações, é possível adquirir nova linguagem; confira dicas

às 18h53
Compartilhe:

Aprender um novo idioma é uma porta de entrada para um mundo de culturas e aprendizados diferentes, além de ajudar na hora de conseguir melhores oportunidades de emprego, ler artigos acadêmicos e participar de eventos, palestras e workshops. E para obter a proficiência em uma linguagem, algumas dicas são essenciais!

Primeiro, é preciso saber: esforço é o ponto principal. Aprender um novo idioma não é tão fácil e nem acontece de um dia para o outro, porque é algo que não é conhecido e não foi inserido com detalhes desde cedo. Então, é preciso muita dedicação na hora de captar informações e transformar em prática. A partir daí, vêm as atividades: é necessário consumir conteúdos no idioma escolhido, para aprender pronúncias, ritmo e escrita. Mas como ter esse contato? Assistindo filmes na língua estrangeira; ler livros, artigos e notícias, ouvir podcasts e ver vídeos no YouTube são ações necessárias. 

Ter contato com nativos do idioma também pode ser uma dica de ouro! Através de conversas e interação, é possível aprender mais sobre a língua e suas características, gírias, modificações e pronúncia. E existem várias formas de conversar: por aplicativos feitos para isso, que conectam o usuário a pessoas de diversos países, seja por mensagem ou através de lives – como o HelloTalk e o Tandem; em fóruns online, que têm debates de diferentes temas – o Reddit é o mais famoso e conhecido e em grupos de intercambistas no Facebook, onde internautas de todo o mundo conversam e compartilham dicas.

Introduzir práticas na rotina é dica importante para não esquecer de palavras e pronúncias, além de incluir a linguagem no dia-a-dia, fazendo com que o cérebro se acostume com ela. Falar em voz alta, inventar diálogos, conversar com parentes e amigos e escrever na língua estrangeira são exercícios que não devem ser esquecidos. 

Para quem está disposto a investir tempo e dinheiro, fazer um curso de línguas, por fim, ajuda muito: são horas de aula com livros, atividades e conversação, tudo com o acompanhamento de professores, que irão tirar dúvidas e ensinar, colocando o idioma em total uso na rotina. 

Compartilhe: