MENU

Pilates proporciona envelhecimento saudável

Exercício promove flexibilidade, alongamento e bem-estar

às 20h11
Compartilhe:

O pilates é uma atividade física de longa duração e baixa intensidade que combina a respiração com os movimentos do corpo. Para a terceira idade, ele pode ser ideal. Durante o processo de envelhecimento, ocorrem alterações no corpo humano, como o aumento da gordura corporal, diminuição da força e flexibilidade, surgimento de doenças como artrose, osteoporose e artrite, e também condições mentais: depressão, distúrbios visuais e comportamento antissocial. Por isso, se exercitar é fundamental. 

Uma revisão de estudos publicada na Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde mostrou que as aulas de pilates são capazes de apurar o equilíbrio dos mais velhos – como consequência, as quedas e as fraturas são evitadas, ocorrências que aumentam na terceira idade. 

Além disso, o exercício melhora a capacidade cardiorrespiratória, favorece a autoestima, fortalece os músculos do abdômen e das costas, ajuda na correção da postura, estimula a coordenação motora e promove a flexibilidade – melhorando várias condições que afetam o organismo quando a velhice chega. 

Consequências – Com todos os benefícios para o corpo, e também prevenindo e tratando doenças que atingem a terceira idade, como incontinência urinária e Parkinson, o pilates consegue ser a porta de entrada para uma vida mais saudável e longeva. Além de garantir uma vida social mais ativa: fazendo amizades e na interação com outros praticantes e com professores. É possível sim ser saudável, afinal, o envelhecimento é um processo normal e deve ser vivido com bem-estar e felicidade.

Compartilhe: