MENU

Núcleo especializado promove apoio pedagógico e inclusão de alunos

Estudantes com alguma deficiência ou especificidade recebem suporte e orientação do Núcleo de Acessibilidade Tiradentes (NAT), que faz a ponte com o professor e a instituição de ensino para haver adaptação, acolhimento e integração

às 21h04
Compartilhe:

O uso de ferramentas de tecnologia combinadas com práticas de apoio pedagógico estão permitindo a inclusão de alunos com alguma deficiência, no ambiente de aprendizagem para que ingressem e continuem estudando no ensino superior. Ainda mais nesse período de maior restrição e de aulas remotas. Na Unit-PE, pelo menos oito alunos, com diferentes necessidades, contam com suporte do Núcleo de Acessibilidade Tiradentes (NAT). “Fazemos a ponte entre o aluno e o professor, no processo de aprendizagem”, conta Ricardo Nascimento, um dos integrantes e também intérprete de libras.

O acompanhamento do NAT – que faz parte do Núcleo de Apoio Pedagógico Psicossocial (NAPPS) – começa ainda na matrícula. “Contatamos para conhecer e entender a dificuldade e oferecer apoio”, adianta Ricardo. Para ajudar no processo de aprendizagem, entram no circuito, por exemplo, a plataforma Google for Education e o TICS – um conjunto de ferramentas e práticas tecnológicas, que muitos deles já utilizam no dia a dia. São sistemas que auxiliam na compreensão do conteúdo, na transcrição de áudio, para facilitar a leitura, entre outros. 

Sensibilização

Caso tenha fluência, o aluno pode assistir às aulas em inglês. Ele informou ainda que os estudantes podem ter acesso prévio ao conteúdo e também receber vídeo legendado com explicações, após as aulas. Outra medida adotada é a sensibilização de professores em relação aos alunos e suas dificuldades como cognitiva, auditiva, baixa visão e autismo.

Todo esse aparato pedagógico integra o chamado Atendimento Educacional Especial, que o NAT realiza não só para pessoas com alguma deficiência. Mas também a idosos, gestantes ou alguma especificidade como pessoas que adoeceram. Para Ricardo Coelho, o suporte é necessário para que as barreiras sejam quebradas e os alunos possam responder no tempo deles e com adequação.

Compartilhe: