MENU

Mostra científica encerra V SEMPEx

Última noite do evento recebeu exposição de pesquisas dos estudantes da UNIT e uma palestra com o prof. Alvaci Resende

às 18h48
Compartilhe:

A segunda quinzena do mês de outubro é um dos períodos do ano mais esperados pelos alunos da Faculdade Integrada de Pernambuco – UNIT. Afinal, é nela que ocorre a Semana de Pesquisa e Extensão – SEMPEx, evento que reúne a produção científica da comunidade acadêmica.

Em sua quinta edição, que chegou ao final da noite desta quinta (26), na Unidade Nossa Sra. do Carmo, a SEMPEx comprovou o crescente interesse dos estudantes em apresentar assuntos e temas que discutam e proponham melhorias para a sociedade.

E a prova desse crescimento foi à exposição final realizada no hall do auditório, reunindo mais de 150 trabalhos, entre banners, apresentações orais e resumos, nas três áreas do conhecimento: humanas, saúde e exatas.

E a expansão da SEMPEx não foi apenas no número de participantes. Ao todo, mais de 340 estudantes, não só da UNIT, mas de outras instituições de ensino, assistiram à uma programação que contou com 15 palestras sobre temas como: desenvolvimento científico no Brasil, odontologia no esporte, engenharia genética e biotecnologia, Google for Education, humanização na enfermagem, transgêneros, relações internacionais, construção civil x mercado imobiliário, comunicação organizacional e pensamento positivo e raciocínio científico.

Foram aproximadamente 30 horas de programação e conteúdos apresentados durante três dias, mobilizando à equipe da Comissão de Pesquisa e Extensão – COPEX (coordenada pelo prof. Pedro Procópio e a assistente Valéria Melo), responsável pela organização do evento, e com a ajuda dos 25 alunos que também atuaram como monitores.

Para o organizador da SEMPEx, professor Pedro Procópio, a sensação após o final de mais um evento de sucesso é de agradecimento. “É imensamente gratificante ter a certeza que os nossos alunos abraçaram a ideia da SEMPEx. Cada vez mais, a comunidade acadêmica dá mostras que a produção científica é fundamental para uma formação qualificada e diferenciada”, ressalta.

Para a próxima edição da SEMPEx, em 2018, Pedro Procópio salienta que o desafio será ainda maior. “O objetivo é realizar um encontro ainda abrangente, com mais palestras, alunos e exposição de trabalhos, mas é através do esforço dos estudantes em marcar presença que nos sentimos realizados”, finaliza o gestor.

Compartilhe: