MENU

Dormir bem pode prevenir doenças cardiovasculares

As boas noites de sono também podem ser fatores importantes para a prevenção de doenças cardiovasculares

às 17h15
Compartilhe:

Que uma boa noite de sono é essencial para que tenhamos mais disposição na realização dos afazeres durante o dia, nós já sabemos. Mas, além de proporcionar bem estar, as boas noites de sono também podem ser fatores importantes para a prevenção de doenças cardiovasculares. A American Heart Association (AHA), em português Associação Americana do Coração, acrescentou a qualidade do sono, pela primeira vez, na lista de fatores de risco para as doenças cardiovasculares. Além do sono, a lista traz uma série de fatores que interferem diretamente na possibilidade do desenvolvimento de doenças do coração, por exemplo, alimentação e tabagismo.

Quando estamos dormindo, o nosso corpo estabiliza os níveis glicêmicos, por isso a privação dele tem relação com essas doenças. Não conseguir dormir durante a noite ou dormir mal por longos períodos, podem resultar no maior acúmulo de gordura no corpo – segundo estudo publicado recentemente na revista científica Journal of the American College of Cardiology -, hipertensão, diabetes, aumento do colesterol, doenças psicológicas como depressão, ansiedade e síndrome do pânico, além de alterações significativas de humor.

A recomendação dos especialistas é dormir de 7 a 9 horas por noite e, para que a qualidade do sono seja mantida, existem hábitos que podem ser acrescentados na rotina, por exemplo: não consumir alimentos com presença de cafeína, pelo menos, 4 horas antes de dormir; manter horários regulares para dormir e acordar; evitar utilizar aparelhos eletrônicos na cama – a luz deixa o corpo em uma espécie de estado de alerta e o impede de descansar totalmente; escolher um ambiente confortável, silencioso e com pouca luz. Mas, se os problemas para dormir persistirem, o mais indicado é procurar um médico.

Compartilhe: