MENU

De artesanato a hortifruti: Conheça o Mercado de São José

Ele é considerado o mercado público mais antigo do Brasil

às 13h14
Compartilhe:

Quem frequenta o centro do Recife, sem dúvidas, já fez compras no Mercado de São José ou, simplesmente, parou para admirá-lo. No local é possível encontrar o DNA do Recife: pratos típicos, artesanato, brinquedos, roupas, uma variedade de pescados e hortifruti, entre outras coisas que o tornam tão importante para a cidade.

Inaugurado em 1875, o Mercado de São José é considerado o mercado público mais antigo do Brasil, além disso, foi tombado pelo IPHAN, como patrimônio histórico. É uma verdadeira obra de arte da arquitetura, com detalhes clássicos do século XIX e inspirado no mercado público de Grenelle, em Paris – inclusive, o ferro utilizado para a sua construção veio da França.

Antes de se tornar mercado, o espaço pertencia a um casal, Belchior Alves Camelo e Joana Bezerra, e era conhecido como Terreno dos Coqueiros, depois passou a ser chamado de Ribeira dos Peixes e foi doado aos padres capuchinhos ainda em 1655. Já no início do século XIX, o governador da época, Tomás José de Melo, ordenou a construção do Mercado da Ribeira do Peixe, um pequeno comércio de verduras, frutas e peixes que, mais tarde, viraria o Mercado de São José que conhecemos hoje.

Compartilhe: