MENU

Arte melhora a qualidade de vida; entenda

Seu consumo gera diversos benefícios para a mente

às 13h54
Multiracial students painting inside art room class at university - Focus on center girl face
Multiracial students painting inside art room class at university - Focus on center girl face
Compartilhe:

Seja na forma de livros, música, dança, filmes e teatro, a arte é uma área indispensável na vida de qualquer pessoa. Ela gera inúmeros benefícios para a mente, levando a uma vida mais saudável, proveitosa e com bem-estar. 

Como a arte pode elevar a qualidade de vida? Através de seus materiais, que podem ser diversos, e, inclusive variar de acordo com a visão de mundo de cada pessoa, ela alimenta a espiritualidade, o autoconhecimento, a aprendizagem e a apreensão de muitos fatores novos. Também favorece o apoio em transtornos mentais, como ansiedade e depressão, resgata a autoestima, promove a interação social e ainda consegue levar cultura e informação. 

E a arte pode estar inserida em diversos contextos: em uma pintura, em apresentações de dança, peças teatrais, filmes, músicas, livros e esculturas, por exemplo. Para ela, não existem regras, definições, características e limites – só precisa emocionar, gerar sentimentos e provocar perguntas e indagações. 

Estudo 

Um estudo da OMS, divulgado em 2019, explica que “trazer arte para a vida das pessoas por meio de atividades como dançar, cantar e ir a museus e shows oferece uma dimensão adicional”, melhorando o físico e o mental. Ainda de acordo com o levantamento, as ações conseguem prevenir doenças e ainda ajudar no tratamento para pacientes que estão no final da vida. O estudo também dá exemplos: a música e o artesanato reduziram a ansiedade, a dor e a pressão arterial; e a dança melhorou a capacidade motora de pacientes com doença de Parkinson. 

Compartilhe: