MENU

5 pós graduações da Fisioterapia

A ascensão profissional do fisioterapeuta pode ser muito mais rápida quando conta com uma especialização no currículo. Conheça algumas das diversas áreas de atuação da fisioterapia

às 14h39
Fisioterapeuta Cynthia Ximenes da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) atende bebês com microcefalia e orienta as mães como fazer os exercícios em casa para melhorar o desenvolvimento das crianças (Sumaia Villela/Agência Brasil)
Fisioterapeuta Cynthia Ximenes da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) atende bebês com microcefalia e orienta as mães como fazer os exercícios em casa para melhorar o desenvolvimento das crianças (Sumaia Villela/Agência Brasil)
Compartilhe:

Para somar conhecimentos, alcançar oportunidades de emprego satisfatórias e construir uma rede de networking, a pós graduação para o fisioterapeuta é essencial. Os cursos de pós-graduação na fisioterapia, como nas demais áreas, dividem-se em (especializações e MBA) e stricto sensu (mestrado e doutorado).

O fisioterapeuta no Brasil ganhou destaque com a regulamentação da profissão em 1969, o papel que antes era relacionado a um tipo de massagista evoluiu rapidamente e continua em movimento. Hoje, o profissional da fisioterapia é responsável por diversos procedimentos preventivos e de tratamento para o bom funcionamento do organismo humano.

É muito comum que os fisioterapeutas, assim como qualquer profissional, conclua os 5 anos de graduação e fique indeciso sobre qual área de especialização seguir, por isso, listamos abaixo 5 pós graduações para ajudar na sua escolha, acompanhe:

Fisiologia e Prescrição do Exercício Clínico

Esta especialização capacita o fisioterapeuta para tratar doenças através da prática de exercícios físicos, além disso estuda em profundidade a fisiologia do corpo humano e as patologias tratáveis no ponto de vista da fisioterapia.

• Fisioterapia Dermato Funcional

Prevenção, melhoramento e recuperação da pele, isso é o que o fisioterapeuta especializado em dermato funcional faz. Trata não somente da estética da pele, mas também da funcionalidade, reparando traumas que podem ser provocados por doenças, intervenções cirúrgicas ou qualquer evento que cause alterações em seu estado natural e funcional.

• Fisioterapia em Terapia Intensiva

O fisioterapeuta também trabalha nas unidades de terapia intensiva (UTI). O profissional que se especializa em Terapia Intensiva é capacitado para reabilitação motora para pacientes que possuem ou adquirem limitações físicas, e também respiratória utilizando suportes ventilatórios para pacientes em estados de gravidade ou risco.

• Fisioterapia Neurofuncional Pediátrica

A pós em fisioterapia neurofuncional pediátrica atua na estimulação do sistema neuropsicomotor infantil que pode ser ou estar comprometido. Além disso, o estímulo sensorial faz parte da prática neurofuncional pediátrica, tudo isso para prevenção e tratamento de traumas que comprometam os sistemas nervosos central (encéfalo e medula espinhal) e periférico (nervos e gânglios nervosos que conectam sistema nervoso central aos órgãos).

Fisioterapia Geriátrica Gerontologia 

A fisioterapia especializada em geriatria e gerontologia tratam da pessoa idosa, a fim de prevenir e reabilitar o organismo de disfunções ocasionadas pelo envelhecimento, promovendo a qualidade de vida e autonomia.

Para os especialistas, a pós graduação é não só necessária como também fundamental para quem deseja ser autoridade em determinada área e também se tornar um profissional de referência.

Compartilhe: