MENU

Por que é preciso mastigar bem os alimentos?

A mastigação quando bem feita favorece uma série de processos que ajudam a manter o equilíbrio do corpo e da mente, conheça:

às 20h08
Imagem: Adobe Stock
Imagem: Adobe Stock
Compartilhe:

A hora da refeição para muita gente é sagrada, e assim deve ser para todos. Desde a escolha de um bom lugar até a forma de mastigação, o momento da refeição exige atenção para que o corpo e a mente possam processar a refeição, assim proporcionando uma série de benefícios.

No vai e vem agitado do dia a dia, a tendência é de que as pessoas se alimentem mal, não considerando a qualidade dos alimentos e a forma da alimentação. Engolir a comida rapidamente, é bastante comum para rotinas corridas, porém, os profissionais da nutrição afirmam que esta é uma prática bastante errada e prejudicial.

A alimentação requer dedicação de um tempo específico e inclui uma boa mastigação. Prestar atenção a cada mastigada, apreciar o sabor e textura dos alimentos, é parte importante não apenas do processo digestivo, mas também uma atividade cerebral necessária. A prática da mastigação em ritmo desacelerado favorece a digestão e absorção de nutrientes, reduz chances de constipação, auxilia na saúde bucal, além de aumentar a saciedade.

Dissolver ao máximo os alimentos é o ideal, o movimento de trituração deve ser de entre 30 e 40 vezes, afirmam os nutricionistas. O ato de comer bem também inclui: colocar pouco alimento na boca para ter uma mastigação confortável, repor mais alimento somente quando já tiver mastigado bem e engolido a porção anterior, mastigar alimentos mais rígidos com os dentes trituradores – que ficam no final da arcada dentária, fundo da boca, e não fazer refeições enquanto mexe no celular, joga video game, trabalha ou assiste tv para não gerar distração.

Uma alimentação correta gera uma série de benefícios para o corpo, e adquirir novos hábitos de mastigação pode auxiliar na redução de cáries, mau hálito e facilitar o emagrecimento, por isso, fique atento.

Compartilhe: